Rádio Madame Satã: mandando torpedos sonoros para os ares cariocas!

Um sobrado escondido entre a região menos nobre da Lapa. É de um lugar desses que irradiam ondas eletromagnéticas e sonoras que pretendem mudar a realidade e subverter a ordem vigente. Estamos falando da Rádio Madame Satã, que há mais de 10 anos vem matando um leão por dia para se fazer ouvida nas ruas cariocas.

Um dos espaços de criação audiofônica da Madame Satã

Mais que uma emissora de rádio, a Madame Satã é um caldeirão de idéias libertárias. Lá eles produzem música independente, audiovisual, serigrafia e outras formas de mídias livres. Além disso, eles são entusiastas da metareciclagem, que é uma outra forma de se reapropriar da tecnologia, através de equipamentos que normalmente são descartados. Para conhecer melhor esta história, nada melhor do que ouvir a versão de quem ajudou a construí-la. Com a palavra, o comunicador Victor Ribeiro:

 

Uma rádio livre tem que estar aberta a todas as expressões sonoras, de idéias e revolucionárias, certo? Pois eles levam essa idéia às ultimas consequências. Outro integrante da Madame Satã é o Léo, que reutiliza jornais e outros papéis encontrados nas ruas para produzir cartazes denunciando diversos problemas sociais e reivindicando alternativas, tudo através da serigrafia. Léo também é o idealizador do projeto L4bomb. A idéia é recuperar os barulhos urbanos e reordená-los de forma a criar outro significado, como é caracteristico do estilo noise:

Para conhecer mais sobre as idéias e atitudes da galera da rádio Madame Satã, basta entrar no site deles. E para ouvir a rádio online, basta clicar aqui.

Share

ExpoBrasil: cultura, consciência e cidadania.

A 9ª ExpoBrasil Desenvolvimento Local, evento realizado entre os dias 1 (hoje), 2 e 3 de dezembro no Centro de Convenções Sul América, no Rio de Janeiro, está apresentando uma variedade de produções culturais, todas voltadas para a consciência e cidadania e com intuito de valorizar  e incentivar o desenvolvimento de comunidades locais onde estão inseridas. Organizações não governamentais e movimentos sociais do Brasil todo estão presentes apresentando seus trabalhos e projetos, há também discussões sobre EcoSol (economia solidária), Comunicação Comunitária Interativa, entre outras coisas.

Se vc estiver passando pelo Rio durante alguns destes dias, dê uma passada por lá. A entrada é gratuita e o endereço é  Av. Paulo de Frontin com Av. Pres. Vargas – Cidade Nova – RJ.

A JOC está representada neste evento através da participação de 11 jovens, vindos de diferentes cidades onde o movimento está presente. Entre estes, estão Ailton Martins e Guilherme Júnior, que cobrirão o evento para a Rádio da Juventude.

Jovens da JOC vêm de 05 cidades das regiões Nordeste e Sudeste.

Continue lendo

Share

Artes e Ideias

Quem ouviu a última edição do programa Se Liga Na Idéia, que foi ao ar no dia 12 de junho, sabe que começamos a série Artes e Ideias.  No primeiro episódio entrevistamos o desenhista Eduardo Marinho. Quem?

Eduardo Marinho tem 50 anos e mora em Niterói, RJ. Todos os fins de semana, expõe seus trabalhos em uma parede de comércio no morro de Santa Tereza, na cidade do Rio de Janeiro. Em meio a atelieres de arte pra turista ver, Marinho opta pela conscientização popular. Seus desenhos são provocativos e muitas vezes chegam a ser agressivos, obrigando o expectador a se manifestar.

De uma conversa de quase duas horas, tivemos que fazer uma pequena matéria. Confira como ficou:

Pra conferir mais desenhos e pensamentos deste grande profeta urbano, acesse o blog dele, o Observar e Absorver.

Não deixe de conferir a próxima edição do “Artes e Ideias”. Até lá!

Share