#1 Sarau Diz’Quina

A primeira edição do Sarau Diz’Quina – Atividade cultural organizada principalmente por moradores da Vila Margarida, SV – aconteceu mesmo debaixo de um quase dilúvio no domingo, 8 de Março.
Com a temática “Mídia”, o evento iniciou com a projeção do doc. Manual Radio Livre seguido de um debate sobre o monopólio da comunicação no Brasil e algumas formas de fazer frente a essa lógica avassaladora de culturas, ideias, resistências, diversidades, etc. Também foi levantada a questão da objetificação da mulher e o apelo machista utilizado pelos grandes Meios. Na sequência o mano William lançou algumas ideias sobre a Literatura e sua relação com a mídia. O Sarau seguiu animado com poesia, troca de ideias e intervenção musical feita por parte da galera organizadora do rolé. Enquanto tudo isso acontecia o mano Caio Cesar mandava um graffite que ao final se tornou um grande registro deste espaço de cultura e resistência.
O evento contou com xs compas da Trupe Olho da Rua, Sarau da Vila em Movimento, além do grande esforço e talento da galera, maioria do bairro, que se preocuparam com cada detalhe da ornamentação.

Arriba o Sarau Diz’Quina!
Arriba a cultura popular!
Arriba a comunicação livre!

E que venham os próximos .0/

 

Share

Rádio Feira – O voto realmente muda nossa vida?

No dia 04 de outubro de 2014 a Rádio da Juventude promoveu mais uma edição da Rádio Feira, fortalecendo a comunicação popular na feira livre da Vila Margarida – São Vicente. No dia que marcou véspera de eleições presidenciais a pergunta foi colocada para reflexão: O voto realmente muda nossa vida? Como realmente podemos mudar nossa realidade?

Além de reflexões a atividade contou com o lançamento da segunda edição do boletim informativo da Rádio da Juventude.

Fortaleça a comunicação popular!

Confira alguns registros:

Rádio Feira – Outubro 2014 (Rádio da Juventude)

Download: VBR MP3 (91.8 MB) | Ogg Vorbis (49.5 MB)

 

Share

NOSSOS MORTOS TÊM VOZ: MEMÓRIA DE 22 ANOS DO MASSACRE DO CARANDIRU

No dia 02 de Outubro foi realizado em São Paulo um ato em Memória aos 22 anos do Massacre do Carandiru, organizado por diversos coletivos.

A manifestação contou com diversas intervenções artísticas ao longo do trajeto, fortalecendo a reflexão sobre o papel da polícia, a violência do Estado e a importância da desmilitarização.

Confira alguns registros feitos pela Rádio da Juventude…

Continuar lendo

Share

RadioFeira #05 – Vamos falar sobre mulheres?

Em pleno século XXI ainda existe gente que acha que as mulheres são menos importantes que os homens. Mais do que um mero preconceito, este tipo de pensamento pode levar a várias mortes. Quando não chega a este estágio, pode levar a humilhações e espancamentos. Não faltam exemplos atuais do que estamos falando. A iraniana Sakineh Ashtiani foi condenada a morte por supostamente ter cometido adultério, sem chance de defesa. Recentemente dois casos de assassinatos de mulheres ocorridos no Brasil despertaram muito do preconceito impregnado na sociedade, inclusive nas mulheres. além desses casos famosos, o Brasil registrou o assassinato de 10 mulheres por dia, no período entre os anos de 1997 e 2007.

Essas e outras questões, como a Lei Maria da Penha (que defende mulheres contra maus-tratos cometidos por homens), deverão ser discutidas na quinta edição da RadioFeira, que será realizada neste sábado, 06 de novembro, a partir das 10 horas, na entrada da feira da Vila Margarida, em São Vicente. Para ajudar a entender estas questões, teremos como convidada a advogada e professora de cidadania do núcleo Valongo do Educafro, Izabel Marques. Ela vai falar sobre a luta contra a submissão feminina, conquista de direitos e avanços como a promulgação da Lei Maria da Penha.

O que mais vai ter?

Além deste importante debate, também caprichamos nas atrações culturais. Durante todo o evento haverá exposição de artesanatos do grupo Toque da Arte. As artesãs trabalham basicamente a partir da reciclagem de materiais que normalmente vão para o lixo, além de resgatar a autoestima feminina através da produção de seus trabalhos.

Na parte musical, teremos a presença da cantora e professora de música Janaina Costa. que também é integrante das bandas Medida Provisória e Maniacs 4 Sound. Ela trará em seu repertório vários classicos do rock e MPB, além das canções próprias que canta e toca com suas bandas.

Pois é, minha gente. Esta RadioFeira está imperdível. Portanto, não deixem de comparecer e prestigiar este evento, que vem se tornando cada vez mais tradicional na feira da Vila Margarida.

______________________________________________________

RadioFeira – edição 05

“Igualdade é lei: Sim, as mulheres estão podendo!”
Data: 06 de novembro de 2010, a partir das 10h da manhã.
Local: R Mal. Mascarenhas de Morais, esquina com a Rua Alexandria – em frente à Casa de Móveis Narciso.
Convidados: Izabel Marques (advogada e professora da Educafro), Janaina Costa (cantora e musicista) e o grupo Toque da Arte (artesanatos).

____________________________________________________________

Contamos com a presença de todas e todos lá!!!

Share

RadioFeira – Eleições 2010: não seja um palhaço nas urnas!

Como vem acontecendo todo primeiro sábado do mês, neste dia 02 de outubro iremos realizar mais uma RádioFeira. Nesta edição iremos discutir a importância do voto, com o tema “Eleição é coisa seria. Não seja um palhaço nas urnas”. A questão é bem atual e reflete uma preocupação que se levanta em relação ao pleito de domingo: a grande quantidade de “celebridades” e “engraçadinhos” que se candidatou a algum cargo eletivo.

Continuar lendo

Share

Artes e Ideias – Sonoridade reciclada

Gracy e Jean (fotos: Guilherme Júnior)

Falar de reciclagem não é mais novidade faz tempo. Mas é incrível o que dá pra fazer à partir de materiais que normalmente vão para o lixo. Que tal um tambor feito com tubo de papelão ou cano de PVC? Esse é o trabalho dos artesãos Jean Carlos e Gracy Moreno.

O casal se conheceu há cerca de dois anos, em um acampanhento na Ilha Grande, em Angra dos Reis (RJ). Jean se dedica a esta arte há 11 anos e repassou sua técnica à atriz Gracy Moreno, que lhe acompanha desde então.

Mais do que uma forma de se sustentar, Jean e Gracy sabem da importância de seu trabalho para conscientizar a população que é possível extrair arte do lixo:

Alguns dos instrumentos produzidos pelo casal

Totalmente receptivo, o casal incentiva as pessoas que passam pelas ruas de Santa Tereza, no RJ, a tocar os intrumentos. Mesmo quem não sabe tocar se arrisca a tirar um som e simpatiza com a idéia.

Quem quiser outras informações sobre esta verdadeira arte reciclada, vale mandar um e-mail para gracymoreno@yahoo.com.br.

Share