Rádio Livre Venceremos – 97,5 FM – Transmissão #1

No dia 26 de Abril de 2015 aconteceu a transmissão #1 da Rádio Livre Venceremos – 97,5 FM – para o extremo sul de São Paulo.
A atividade aconteceu na feira livre do Jd. Angela – SP, local onde a atividade continuará acontecendo aos domingos.

confira fotos e audios aqui

Nesta edição de abertura a Rádio Livre Venceremos contou com a participação de compas grevistas da Educação que comentaram da situação e abordaram a questão “Terceirização”. Além de intervenções músicais de Emilie e pessoas do bairro que mandaram seu ‘salve’.

A Rádio Livre Venceremos teve uma recepção solidária e com grande apoio dos feirantes e pequenos comércios, que cederam o ponto de luz e fortaleceram no retorno, tamo juntxs!!

Viva a Comunicação Popular!
Abaixo o monopólio da comunicação!

Vida longa a Rádio Livre Venceremos!

Venceremos!

Share

Rádio Madame Satã: mandando torpedos sonoros para os ares cariocas!

Um sobrado escondido entre a região menos nobre da Lapa. É de um lugar desses que irradiam ondas eletromagnéticas e sonoras que pretendem mudar a realidade e subverter a ordem vigente. Estamos falando da Rádio Madame Satã, que há mais de 10 anos vem matando um leão por dia para se fazer ouvida nas ruas cariocas.

Um dos espaços de criação audiofônica da Madame Satã

Mais que uma emissora de rádio, a Madame Satã é um caldeirão de idéias libertárias. Lá eles produzem música independente, audiovisual, serigrafia e outras formas de mídias livres. Além disso, eles são entusiastas da metareciclagem, que é uma outra forma de se reapropriar da tecnologia, através de equipamentos que normalmente são descartados. Para conhecer melhor esta história, nada melhor do que ouvir a versão de quem ajudou a construí-la. Com a palavra, o comunicador Victor Ribeiro:

 

Uma rádio livre tem que estar aberta a todas as expressões sonoras, de idéias e revolucionárias, certo? Pois eles levam essa idéia às ultimas consequências. Outro integrante da Madame Satã é o Léo, que reutiliza jornais e outros papéis encontrados nas ruas para produzir cartazes denunciando diversos problemas sociais e reivindicando alternativas, tudo através da serigrafia. Léo também é o idealizador do projeto L4bomb. A idéia é recuperar os barulhos urbanos e reordená-los de forma a criar outro significado, como é caracteristico do estilo noise:

Para conhecer mais sobre as idéias e atitudes da galera da rádio Madame Satã, basta entrar no site deles. E para ouvir a rádio online, basta clicar aqui.

Share

É radio livre… é da juventude trabalhadora!

Recentemente estamos usando um novo slogan para a Radio da Juventude: é radio livre… é da juventude trabalhadora! Isso porque esses são os principais pilares que fazem nosso trabalho ter sentido.

Pois bem. Achamos que é importante explicar o que significa cada um destes elementos. Primeiramente vamos entender o que é rádio livre. É uma forma de rádio bem diferente das emissoras comerciais. Na rádio livre não entram comerciais, nem interesses políticos ou privados. A rádio livre é gerida por um grupo que pretende estimular a democratização dos meios de comunicação, onde a população passe de meros ouvintes a comunicadores.

Melhor do que explicar em texto é assistir ao vídeo produzido pelo coletivo Radiola, de Brasília. Ele explica bem o que é isso que estamos falando:

1ª PARTE:
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=D54SacPPYyQ]

2ª PARTE:
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=eVn0kx6mvW4]

Share