Creches de São Vicente: Crianças com fome e professores sem salários

10 NOVEMBRO 2012 – por Passa Palavra.

Em São Vicente, na Baixada Santista, as crianças de quase todas as creches (parceria público-privada) estão sem merenda escolar, crianças que muitas vezes não têm o que comer em casa. Quatro creches fecharam por falta de merenda.

Os professores, da própria comunidade, estão sem receber salário. As professoras que estão sem receber em algumas creches são as auxiliares de classe.

Estas creches são casas privadas, para as quais a Prefeitura e uma associação de pais repassam verba, inclusive para pagar o salário das professoras, que não são concursadas e pertencem à própria comunidade.

As professoras estão pedindo dois reais para as mães, para manter a refeição dos seus filhos, que são quatro refeições diárias.

No site da prefeitura de São Vicente tem uma lista grande de creches (veja aqui), mas não há muita articulação entre essas creches. Algumas classes têm em média 50 crianças e em algumas creches existe berçário.

Algumas mães se manifestaram, chamando a mídia, mas não foi divulgado. O movimento fica dificultado porque algumas mães não estão se importando. Outras pessoas têm medo de se manifestar, outras pensam que não resolve nada ou acham que estão pedindo benefício e não direito e por aí vai.

Share