Assim funciona o Governo: Cria Tropa de Choque de 10 mil homens e depois quer dialogar com os movimentos sociais que irão protestar contra a copa. Fala sério!

Força Nacional de Segurança PúblicaDepois de criar Tropa de Choque que irá apoiar a polícia militar em protestos contra a Copa do Mundo nas doze cidades-sede dos jogos, nesta última quinta-feira (09) foi instituído o decreto 8.181, publicado no Diário Oficial da União, que estabelece que a Secretária-geral da Presidência, responsável pelas relações do Governo com os movimentos sociais, será reforçada com dois altos funcionários, cuja função será a “promoção do diálogo com os movimentos e segmentos sociais por ocasião da Copa do Mundo de 2014”.

Foto: Página do Face Black Bloc Rio

Foto: Página do Face Black Bloc Rio

Assinado pela presidenta, ao que parece o Governo Federal anda preocupado com sua imagem diante da comunidade internacional que vem divulgando as atrocidades que a copa no Brasil tem causado a população pobre, a última violação de direitos humanos que se espalhou pelas redes e chegou aos jornais europeus foi o caso da favela do Metrô no Rio – em que mais uma vez a Tropa de Choque da polícia Militar removeu outra comunidade na base da borracha e do gás de pimenta. Ou seja, sua preocupação é econômica, pois, teme que o turismo fique em baixa diante da onda de violência eminente, tanto pela questão da criminalidade que explode e também pelas ondas de protestos que podem transformar a “Copa das Copas”, como disse a presidente Dilma, num enorme barril de pólvora que irá deflagrar numa derrota eleitoral em 2014, que também é ano de eleição, não esqueçamos, apesar de não servir para nada.

imagesDe fato, a direita irá se aproveitar para usar a demanda popular para jogar contra o PT, e tirar algum proveito, porém, inaceitável tudo que aconteceu e vem ocorrendo, sentar e assistir um jogo do Brasil como se nada estivesse acontecendo, não faz sentido para quem tem um mínimo de consciência do preço desta copa.

Foto: Página do Face Black Bloc Rio

Foto: Página do Face Black Bloc Rio

Algumas campanhas estão sendo divulgadas pela rede do tipo; “Se você é contra a Copa do Mundo, é contra o Brasil” lembra alguma coisa não é? Copa de 1970, em que os militares exacerbaram o ufanismo pela seleção e usavam o slogan; “Brasil ame ou deixe” – tempos de chumbo foram, e são estes, que vivemos sobre as botas de governos que dialogam desta forma (mas o que esperar de governos?). Organização popular sempre!

Foto: Página do Face Black Bloc Rio

Foto: Página do Face Black Bloc Rio

O que ainda não sacaram aqueles que disputam o poder e estão pisando em ovos devido o interesse eleitoral, e nos cargos que podem perder com sua alianças escusas, é que as lutas de junho racharam a lógica da representatividade e desmascararam um estado que se finge de democrático, mas é ditatorial, não importa se o governo é de direita ou de esquerda, quando ascende ao poder ele joga o jogo do capital, e nesta partida, a população pobre não tem vez, por isso, o refluxo das lutas em 2014 pode nem arranhar a blindagem que está sendo armada para proteger a Copa do Mundo, mas com certeza vai deixar um recado para o mundo. O Brasil não é só o país do samba, do carnaval e do futebol, mas também das lutas sociais por um mundo livre, justo e igualitário, este é o legado!

Share