Código Florestal – O poder é do povo! Não fomos consultados, então, veta agora!

Após a aprovação do novo Código Florestal no Senado Federal a campanha Veta Dilma espalhou-se pelas redes sociais. Diversas ONGS, Entidades, personalidades públicas, artistas e setores da esquerda iniciaram uma verdadeira cruzada com intuito de pressionar a Presidenta Dilma Rousseff, a vetar o novo Código Florestal com o seu martelo de autoridade maior do país.

Infelizmente para a tristeza de todos, ontem, terça-feira, oito de maio de 2012, a Ministra Ideli Salvatti Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, disse à Agência Brasil estar convicta de que a presidente Dilma Rousseff não vetará o Código Florestal, declarou que Dilma vetará apenas alguns pontos do texto do novo Código Florestal, mas não o vetará integralmente.

A tragédia mais que anunciada e prevista vinda de um governo que não representa de fato a classe trabalhadora, poderia ser encarada pela miopia de quem acredita em Papai Noel como forma de retorno as bases para o fortalecimento popular. Afinal, a campanha continua. No entanto, a foto de Dilma Rousseff sorridente com a frase Veta Dilma é de uma tragédia, tanto quanto os malefícios que virão com a mudança do Código Florestal, pois, representa que ainda vivemos uma realidade no qual delegamos nossas responsabilidades a representantes políticos que se utilizam de nossas lutas para se beneficiar.

A transformação da realidade só se fará por meio de ações coletivas oriundas do povo, as esquerdas em suas práticas políticas diretas de luta, ou abrem bem os olhos que a base está na quebrada, na mobilização popular buscando autonomia, horizontalidade, solidariedade e por meio de ações concretas dando exemplo, que outra realidade é possível, ou estaremos fadados a uma luta que não nos levará a lugar algum.

O Veta Dilma é uma realidade que não dá para se abster. Será? No que diz respeito à solução emergencial, parece que sim. Mas ao contrário de um Veta Dilma, poderíamos também fomentar um slogan assim; O poder é do povo! Não fomos consultados, então, veta agora! E na sequência a gente se fortalece e veta todos esses canalhas, e nada de fotinha sorridente, afinal, não somos dentistas e está mais do que na hora de vetar geral!

Share